Sem categoria

IMPORTÂNCIA DO TRATAMENTO PRELIMINAR EM ETE’s

Muitas vezes deixado de lado, o tratamento preliminar é, talvez, a etapa mais importante em uma ETE. Sua função é remover o material inorgânico do efluente bruto, por meio de processos físicos, como o gradeamento (material grosseiro, ex.: pedras) e compartimento de decantação (desarenador) para partículas maiores ou igual a 2,0 mm.

É comum observar que algumas plantas não dão a devida atenção para esta etapa. Como consequência, os processos biológicos e químicos subsequentes podem apresentar problemas na remoção de matéria orgânica. Plantas que possuem membranas de ultrafiltração exigem um tratamento preliminar boa qualidade.

Além disto, equipamentos eletromecânicos como bombas e difusores podem sofrer desgastes mecânicos e até não funcionar em caso de grande acúmulo de material inorgânico de partículas grandes/afiadas e pesadas que deveriam ser removidas na etapa preliminar.

Atualmente, tem se empregado uma Unidade Compacta no tratamento preliminar no lugar de tanques de concreto (convencional). Esta Unidade inclui, em um único equipamento, compartimentos para remoção de sólidos grosseiros (peneiramento), matéria inorgânica (desarenador) e gordura (sopradores e raspadores).

Para saber mais sobre o assunto e como podemos ajudá-lo, entre em contato conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *